Um adolescente do Centro de Internação Provisória (CEIP) de Palmas é a primeira vítima da doença causada pelo novo coronavírus no sistema socioeducativo da capital. Ele está isolado e o diagnóstico levou os demais internos e servidores do local iniciarão a testagem a partir de segunda-feira, 8.
 
Como o diagnóstico ocorreu no início da semana, a janela imunológica precisa de sete dias para que o coronavírus seja detectado pelo teste rápido, segundo o Núcleo de Saúde do Sistema Socioeducativo do Tocantins. 
 
Após a confirmação, o CEIP reforçou para todos servidores e colaboradores o seguimento fiel ao plano de contingência do sistema socioeducativo e reforçou a necessidade de manter as medidas de prevenção e precauções como lavagem de mãos e uso de máscaras, entre outras.