O Tribunal do Júri da comarca de Porto Nacional condenou Deraldino Melquíades Monteiro, de 43 anos, a 13 anos de reclusão pela morte do lavrador Adevaldo Alves Pereira. Conforme a condenação, foi considerado que o crime foi cometido “por motivo torpe, já que teria sido motivado por uma desavença entre as partes por causa do relacionamento amoroso que a vítima mantinha c...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários