A cidade de Formoso do Araguaia, distante 303 km de Palmas, está entre os municípios tocantinenses que não possuem um local de destinação de resíduos sólidos conforme determina a legislação ambiental. Diante desse problema, o Ministério Público Estadual (MPE-TO), ingressou uma Ação Cautelar Ambiental contra a Prefeitura do município, o prefeito Wagner Coelho de Oliveira e...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários