Por não ter sido comprovada a prática de conduta vedada e abuso de poder, no entendimento do relator, o juiz Rodrigo de Meneses dos Santos, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reformou, por maioria, a sentença do juiz Nilson Afonso da Silva, da 2ª Zona Eleitoral de Tocantins que havia condenado a prefeita de Gurupi, Josi Nunes (União) e seu vice, Gleydson Nato (PL) à...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários