O candidato ao governo do Estado na Eleição Suplementar, Mário Lúcio Avelar (PSOL) teve o pedido de registro de candidatura indeferido na tarde de ontem, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO). O processo chegou a receber voto favorável da relatora, desembargadora Ângela Prudente, na semana passada quando entrou em pauta e foi retirado. Ontem ela volto...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários