Sobre o repasse da contribuição patronal dos servidores inativos, o Tribunal de Justiça respondeu que não há previsão orçamentária para efetuar o repasse. O Ministério Público Estadual (MPE) disse que a demanda do Igeprev está em análise em ainda, mas destacou que não há recursos previstos no orçamento para o pagamento dessa contribuição.O Jornal do Tocantins ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários