A Embaixada dos EUA no Brasil informou, por meio de uma rede social, que o embaixador Todd Chapman fez teste para o novo coronavírus e teve resultado negativo.

"O embaixador e a sra. Champman permanecerão em casa em quarentena. A Embaixada dos EUA está avaliando toda a equipe que pode ter sido exposta à Covid-19. A embaixada e os consulados continuam a seguir os procedimentos do CDC [Centro de Controle de Doenças dos EUA]", disse a embaixada, no post.

No sábado (4), o embaixador recebeu o presidente Jair Bolsonaro para um almoço em celebração ao Dia da Independência dos EUA.

Nesta terça (7), Bolsonaro disse que contraiu a Covid-19.

Naquele encontro, Chapman posou para fotos ao lado de Bolsonaro, do chanceler Ernesto Araújo e do deputado federal Eduardo Bolsonaro. Eles não usavam máscaras nem seguiam as recomendações de evitar proximidade física como forma de diminuir os riscos de contaminação pela Covid-19.