O doleiro Alberto Youssef, emblemático personagem e segundo delator da Operação Lava Jato (depois de Paulo Roberto Costa, ex-dirigente da Petrobras), informou à Justiça que tem "estudado o mercado financeiro", está "cuidando da saúde" e concluindo seu livro. O relato faz parte de uma obrigação do doleiro com a Justiça. A "prestação de contas" é apresentada bimestralmente. ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários