Quatro das cinco pessoas conduzidas no dia 31, durante a 2ª fase da Operação Espectro, da Polícia Civil, confirmaram a devolução parcial dos salários recebidos em cargos comissionados no gabinete do deputado Antônio Andrade (PHS). Antes Toinho Andrade, o deputado alterou o nome usado no Parlamento ao tomar posse no dia 1º de fevereiro, quando se elegeu com 21 votos p...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários