Um efetivo de 2,4 mil homens foi escalado para garantir a segurança na eleição suplementar que acontece hoje e que vai escolher o governador do Tocantins para o mandato provisório, até dezembro. São 350 homens do Exército, 30 Policiais Federais, 797 da Polícia Civil e 1.290 da Policiais Militares.No último dia 28 de maio, o presidente Michel Temer (MDB) assinou o Decre...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários