Após suspensão da votação por suspeita de fraude, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), retirou sua candidatura à presidência do Senado. Em sessão tumultuada, o candidato se manifestou, afirmando que "estamos vivendo um constrangimento". "É a primeira vez que isso acontece numa casa legislativa. Agora, estamos repetindo uma votação que foi anulada, porque um senado...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários