Os cinco candidatos ao governo do Estado, que não foram para o segundo turno, somam um gasto de campanha de R$ 6,9 milhões. Kátia Abreu (PDT), que lidera em despesas, declarou à Justiça Eleitoral um gasto de R$ 4,180 milhões; em segundo lugar está Carlos Amastha (PSB), com R$ 2,4 milhões. A menor despesa registrada foi a do candidato Marcos Souza (PRTB), R$ 12 mil. Nas ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários