O Partido Socialismo e Liberdade (Psol) ajuizou no STF (Supremo Tribunal Federal) uma ação de inconstitucionalidade por omissão na qual requer que a Corte reconheça a falta de regulação do imposto sobre grandes fortunas pelo Congresso Nacional. Segundo o partido, o Congresso está sendo omisso porque até hoje não aprovou a lei complementar que trata desse tema, apesar...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários