A cúpula do PSDB discute a expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG), que virou réu na Justiça Federal na semana passada por corrupção passiva e tentativa de obstrução judicial das investigações da Lava Jato. A sigla, no entanto, espera que até agosto ele tome a iniciativa e peça licença para evitar a medida considerada mais “traumática”. A informação foi p...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários