Atualizada às 16h20 Numa iniciativa pessoal e não pelo Ministério Público Estadual (MPE) os promotores de Justiça Octahydes Ballan Junior,  Benedicto de Oliveira Guedes Neto e Diego Nardo entraram com uma ação popular para suspender o Decreto nº 5.915/2019, editado na segunda-feira, pelo governador Mauro Carlesse (PHS) e pelos secretários Cristiano Barbos...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários