Os três servidores do gabinete do deputado estadual Valdemar Júnior (MDB), presos na última quarta-feira, deixaram as unidades prisionais ontem. Mas o juiz plantonista Luiz Zilmar dos Santos Pires determinou que eles sejam monitorados pela Polícia Civil, inclusive por videoconferência. Eles tiveram as prisões decretadas pela Justiça porque estariam atrapalhando as investigaçõe...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários