Após a revogação da ordem de missão que retirou os delegados Gregory Almeida e Wanderson Chaves de Queiroz da investigação da Operação Catarse, que apura servidores fantasmas e prejuízos aos cofres públicos, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins (Sindepol-TO), delegado Mozart Félix, disse ao Jornal do Tocantins que a medida pode atrapalhar efeti...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários