A Ordem dos Advogados do Brasil moveu, nesta quinta, 9, ação civil pública em que pede à Justiça Federal em Brasília que determine, liminarmente, a suspensão da cobrança, por parte dos bancos, da tarifa de disponibilização do cheque especial a clientes que não utilizem o limite. Na ação, entidade também requer que a justiça determine ao Banco Central que viabilize junto a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários