O deputado Paulo Mourão (PT) foi absolvido terça-feira, de uma sentença que o obrigava a devolver R$ 377 mil aos cofres públicos. A decisão é do Juiz Roniclay Alves de Morais, do Núcleo de Apoio às Comarcas (Nacom).Mourão havia sido condenado por supostas irregularidades na prestação de contas de um convênio celebrado entre a Prefeitura e o Ministério do Turismo, em 2008...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários