O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse avaliar que a ebulição no PSL está perto do fim. “Não acredito que os deputados do PSL, que vão ficar de um lado ou de outro, avancem nesse enfrentamento que não vai levar nem o partido nem o Brasil a lugar nenhum”, afirmou o deputado nesta quarta-feira (23) em entrevista a jornalistas, em Londres. Os dois lados ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários