O juiz federal Adelmar Aires Pimenta da Silva manteve, por meio de decisão desta terça-feira, 21, a prisão preventiva de Franklin Douglas Alves Lemes, detido pela Operação Replicantes por supostos contratos irregulares celebrados entre as empresas integrantes do grupo EXATA, WR e PRIME, controladas por ele, e o Governo do Estado do Tocantins na gestão do ex-governador M...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários