A Justiça decidiu por prorrogar a prisão temporária de Luciano de Carvalho Rocha, primo do ex-governador Marcelo Miranda (MDB), por mais três dias. Rocha está preso desde o dia 1º e a Polícia Federal (PF) pediu para que sua prisão fosse prorrogada. A decisão desta quinta-feira, 3, é do juiz João Paulo Abe. A polícia solicitou o pedido por três razões: o suspeito estari...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários