O juiz João Alberto Mendes Bezerra Júnior, da 3ª Vara Cível de Palmas, aceitou a Ação de Indenização por Danos Morais, que foi movida pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), contra o vereador Júnior Geo (PROS).  Após a avaliação da petição inicial, o magistrado deu prazo de 15 dias para que o parlamentar apresente resposta sob pena de revelia e confissão....

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários