Vânia Maria Castelo Branco e Maria do Perpétuo Socorro Castelo Branco foram indiciadas por suposto desvio de R$ 247.417,58 dos cofres públicos estaduais. A decisão de indiciamento foi publicada pelos delegados José Anchieta de Menezes Filho e Bruno Boaventura Mota, respectivamente titular e adjunto na Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) Norte nesta q...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários