Um representante do Movimento Brasil Livre (MBL) em Minas Gerais, Thiago Loureiro Dayrell Costa, de 24 anos, foi autuado em flagrante e vai responder pelo crime de injúria racial por chamar de "crioula" a cozinheira de um restaurante da Zona Sul de Belo Horizonte. O militante do MBL foi autuado ainda por vias de fato. Depois do pagamento de f...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários