O Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev) acumula mais um possível prejuízo. O fundo Eco Hedge, que detinha uma participação de 77,15% do Igeprev, que representava um patrimônio de R$ 160 milhões para receber, conforme dados de 2016, está em situação de falência. O ex-presidente do órgão Jacques Silva, que respondia até o início da semana pelo Igeprev, e...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários