Com novo edital do Plansaúde não será possível unidades hospitalares suspender o atendimento de “forma abrupta”, segundo o secretário da Administração do Estado, Edson Cabral, se referindo ao caso do anúncio público do Hospital Oswaldo Cruz  da inviabilidade de continuar o atendimento pelo Plansaúde, mesmo sem ter notificado oficialmente com antecedência o Esta...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários