O governo do Estado ingressou com uma ação, na Comarca de Palmas, com pedido liminar, para suspender todos os atos de implementação dos reajustes remuneratórios decorrentes das leis que tratam do enquadramento e aumentos na Polícia Civil, envolvendo os agentes e delegados. O Executivo apresentou como principal argumento a indisponibilidade orçamentária para a implanta...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários