Em nome do governo, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), que tem como titular Meire Carreira, respondeu que desconhece a existência de qualquer tipo de estudo técnico que mostre a viabilidade social e ambiental deste projeto. Por meio de nota, a secretaria ainda frisa que o governo do Estado em nenhum momento foi consultado ou convidado a partici...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários