A 2ª Promotoria de Justiça de Miracema do Tocantins entrou neste sábado, 16, com uma ação civil pública por improbidade administrativa contra os ex-vereadores Natan Coelho (PHS)  e Alberane Borba (PSDB), ex-presidente da Câmara Municipal de Miracema, e mais três servidores do controle interno da Casa. Além da devolução de R$ 1 milhão, a promotora Sterlane de Castro F...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários