O ex-prefeito de Cachoeirinha, Messias Pereira de Oliveira, foi condenado pela Justiça por não prestar conta dos recursos referentes a obras da cidade no valor de R$ 150 mil. Ele terá que devolver R$ 75 mil aos cofres públicos. As irregularidades foram apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) em 2006. O juiz Marcelo Eliseu Rostirolla, titular da 1ª E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários