A Justiça condenou um ex-diretor de licitação do município de Porto Nacional por improbidade administrativa devido a agir ilegalmente ao não disponibilizar os editais e deixar de dar publicidade a 11 licitações públicas do município. A decisão é do juiz Adriano Gomes de Melo Oliveira da última segunda-feira, 12.   “Em relação ao tema de combate à corrup...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários