Dois ex-presidentes da Câmara Municipal de Porto Nacional, Raimundo Aires Neto e Pedro de Oliveira, estão condenados pela Justiça por ato de improbidade administrativa por terem se apropriado de dinheiro descontado do salário de servidores do Legislativo e de vereadores. A condenação do juiz Adriano Gomes de Melo Oliveira é resultado de uma em Ação Civil Pública (ACP) ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários