O Ministério das Relações Exteriores usou os dados do passaporte diplomático de Abraham Weintraub – benefício concedido a ele para o período em que foi ministro da Educação – para solicitar à Embaixada dos Estados Unidos um visto de entrada no país. O pedido foi feito em 18 de junho, mesma data em que Weintraub anunciou que estava deixando o governo, o que ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários