O desembargador federal do 1ª Tribunal Regional Federal Hilton Queiroz negou liminar pedida pela defesa do ex-governador Marcelo Miranda (MDB) o que mantém o político preso preventivamente no Quartel do Comando Geral de Palmas. O Habeas Corpus tramitará normalmente até decisão final sobre o pedido. Até lá, o ex-governador segue preso. No pedido liminar, o advoga...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários