Um dos grandes desafios do Igeprev é regularizar as aplicações desenquadradas, ou seja, com participação acima de 25% no patrimônio líquido do fundo. No início de 2015, nove fundos estavam com investimentos acima do limite máximo permitido, agora em 2016, esse número caiu para quatro. Porém, o presidente do Igeprev, Jacques Silva, tem pouca esperança de que se...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários