A Rede Sustentabilidade formalizou no domingo, 13, a candidatura do professor José Xerente à Prefeitura de Tocantínia. Durante convenção realizada na Aldeia Porteira, a 18 km da cidade, sob o comando do presidente estadual Fábio Ribeiro, o partido homologou a candidatura de 12 indígenas para a Câmara Municipal, com 9 homens e 3 mulheres indígenas. 
 
Morador da aldeia Brejo Verde, a 60 do município, José Xerente defendeu em entrevista ao JTo, uma gestão baseada no diálogo entre indígenas e não indígenas. “Agradeço brevemente aos nossos apoiadores, deputada federal Joenia Wapichana, de Roraima, a Marina Silva, Pedro Ivo da Rede Sustentabilidade nacional, Fábio Ribeiro, nosso presidente regional, e agradeço também ao meu povo Aké e aos não indígenas que também abraçaram esse projeto. Minha candidatura representa uma esperança para meu povo uma renovação exemplar, algo que nunca aconteceu durante a nossa participação nas eleições em nosso município, e não somente para o meu povo, mas para a população em geral do município.” 
 
José Xerente também aponta parcerias como forma de garantir o desenvolvimento local e defende a transparência na administração. “Buscaremos parceria com governo federal, estadual e legislativo estadual e federal e todos os órgãos governamentais e não-governamentais para trazermos benefícios e desenvolvimento para o município, isso será feito dentro da realidade de cada comunidade da zona rural e zona urbana, por isso deixo a minha satisfação e a minha disposição de todos, para uma gestão de participação ativa de todos, onde a população poderá participar e acompanhar por que será transparente.”
 
Presidente da Rede no município, José Kunrizdaze Xerente encara sua primeira disputa pelo executivo da cidade com Jean Bucar, do PSL, de vice-prefeito, com o respaldo o da ex-ministra Marina Silva, que enviou um vídeo de apoio à chapa. "Eu espero que vocês façam uma boa campanha. É muito bom ver as comunidades indígenas participando do processo político ajudando a melhorar a qualidade da política. Já não são mais os povos indígenas pedindo aqueles que não tem nenhum compromisso com eles que façam alguma coisa por eles são eles que estão propondo e fazendo alguma coisa para melhorar a vida da cidade e do município de Tocantínia".

DIVERSIDADE
O presidente estadual da Rede, Fábio Ribeiro, afirma que o partido aposta na diversidade para fortalecer o partido e a política. "Sob a minha presidência, os indígenas, quilombolas, mulheres, jovens, povos de santo e de gênero terão muito mais do que apenas respeito, estas minorias se tornarão protagonistas e deixarão de figurar nos discursos enfáticos e hipócritas de quem há anos usa essas pessoas mas não transforma a vida delas.”