Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para integrar a Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR) pediu à Procuradoria-Geral da República, dias atrás, a prisão temporária do jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil. Barros vai substituir o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), no colegiado. No pedido à…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários