Alheios à previsão de déficit de mais de R$ 124 bilhões em 2020, deputados e senadores tentam turbinar os gastos no projeto da lei orçamentária do próximo ano. Apresentaram mais de 8,7 mil emendas ao texto que, se aprovadas, podem elevar as despesas para os cofres públicos ao patamar de R$ 70,8 bilhões. Este ano, os parlamentares contam, cada, com R$ 15,9 milhões em emendas individuais para…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários