O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, garante que não há irregularidades no uso de cartões corporativos por oficiais da pasta, diante do notório aumento dos gastos secretos protegidos por lei. Em documento encaminhado à Câmara dos Deputados (Ofício 32500), ao qual a Coluna teve acesso, Azevedo justifica algumas despesas –compra de passagens áreas, entre elas – como…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários