Caciques de partidos da esquerda que se reuniram com o ex-presidente Lula da Silva nos últimos dias reforçaram a tese de que a oposição precisa se unir em 2020 para ampliar o número de prefeituras – principalmente nas capitais – e enfrentar as candidaturas aliadas do Governo Jair Bolsonaro e de partidos adversários históricos, como o PSDB e DEM. Embora concorde com a coalizão para as…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários