O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) avalia a PEC 215/00 como uma grave ameaça e uma violência aos povos indígenas, pois a proposta tiraria direitos constitucionais. Sara Sánchez Sánchez, membro da coordenação Regional Goiás-Tocantins do Cimi, detalha que a atual proposta é mais agressiva que a versão original, apresentada em 2000. “Um dos problemas graves da PEC é a cr...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários