Uma discussão sobre divisão de recursos entre Estados e municípios ganhou contornos de crise institucional entre Câmara e Senado na noite de terça-feira, 1.º. O primeiro ataque partiu do senador Cid Gomes (PDT-CE), que acusou o líder do PP na Câmara, Arthur Lira (AL), de comandar um grupo responsável por "achacar" o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na proposta q...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários