A emissora de TV norte-americana Fox News afirmou nesta sexta-feira (13) que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) havia confirmado à reportagem que o presidente Jair Bolsonaro testou preliminarmente positivo para o novo coronavírus e aguardava contraprova. O congressista negou.

A Fox chegou a publicar um texto que atribuía o resultado do exame ao filho do presidente brasileiro. O deputado, no entanto, usou sua conta no Twitter para dizer que não havia feito tal afirmação.

O presidente Jair Bolsonaro, em seguida, usou suas redes sociais para dizer que o teste tinha dado negativo para covid-19, a doença respiratória provocada pelo novo coronavírus. Ilustrou o comunicado com uma foto na qual ele próprio dava uma “banana” para a imprensa.

A divulgação do resultado pelo presidente levou o correspondente-chefe da Fox News na Casa Branca a se manifestar sobre a informação publicada pela emissora. Ele disse que Eduardo Bolsonaro confirmou à reportagem 1 diagnóstico positivo do presidente para o coronavírus. Acrescentou que a Casa Branca, sede do Poder Executivo dos Estados Unidos, seria comunicada sobre o caso.

A Fox News é tida como uma emissora alinhada ao presidente norte-americano, Donald Trump. O chefe de Estado, por sua vez, é considerado próximo do presidente Jair Bolsonaro. Os 2 estiveram juntos nesta semana, por ocasião da viagem presidencial aos Estados Unidos.

Eduardo Bolsonaro também integrou a comitiva brasileira, assim como o secretário especial de Comunicação Social, Fabio Wajngarten, que teve diagnóstico confirmado para o novo coronavírus e está de quarentena em São Paulo.

Foi a confirmação de covid-19 de Wajngarten que alertou os demais integrantes da comitiva presidencial para a possibilidade de terem sido infectados pelo vírus. O próprio Eduardo Bolsonaro também passou por testes, que deram negativo.

Já o prefeito de Miami, Francis Suarez, testou positivo para a doença. Ele participou do encontro entre norte-americanos e brasileiros por ocasião da ida de Bolsonaro àquele país. A informação é do jornal Miami Herald.