A suspensão de uma semana ao canal de Jair Bolsonaro no YouTube, revelada pelo Painel nesta segunda-feira (25), é a primeira que a plataforma impôs ao presidente. Em sua live de quinta-feira (21), ele fez associação sem qualquer base científica entre vacinas da Covid-19 e o vírus da Aids. O YouTube considerou que Bolsonaro infringiu as diretrizes da platafor...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários