O presidente Jair Bolsonaro disse na noite de terça-feira (2) que os manifestantes dos grupos antifascistas” são “marginais” e “terroristas”. Ele afirmou mais uma vez –assim como já tinha feito na segunda-feira (1º) – que não tem influência nem convocou protestos a favor dele. “Agradeço de coração a essas pessoas que estão nas ruas apoiando o nosso govern...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários