Após os protestos dos sindicatos dos servidores públicos do município, o prefeito Carlos Amastha (PSB) editou uma nova Medida Provisória (MP), agora a nº 7, reorganizando os cargos e funções do Instituto de Previdência de Palmas (Previpalmas). A MP nº 4, apresentada anteriormente, foi alvo de críticas na Câmara Municipal de Palmas na terça-feira, pelos servidores públi...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários