Quase 8 meses após ter afastado das funções o juiz Alan Ide Ribeiro, que atuava na extinta comarca de Tocantínia, o Tribunal de Justiça decidiu o processo administrativo disciplinar…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários