O secretário extraordinário de Parcerias Público Privadas do Tocantins Claudinei Aparecido Quaresemin, acionou na justiça nesta terça-feira, 27, o médico Luciano de Castro Teixeira, do Pronto Atendimento do Hospital Oswaldo Cruz de Palmas, para que ele explique as afirmações feitas por ele, em áudio que vazou nas redes sociais, de que há um esquema de cobrança de propina no…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários