Mais uma evidência de que a desinstalação da Comarca de Tocantínia, de 1ª entrância, se deu,  também, para salvar a Comarca de Miracema, de 3ª entrância, mas sem estrutura para se manter assim senão agregasse outra comarca.

Após a confirmação da extinção da comarca, Miracema "ganhou" ao menos três juízes para atuar nos processos ali existentes. Desses, dois agora em setembro e…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários